• Barros e Oliveira

O que configura Assédio Moral no Trabalho?


O assédio moral é configurando por atitudes que violam a ética nas relações de trabalho. Praticada por um ou mais chefes contra seus subordinados, traz graves consequências para o trabalhador e a empresa.

Dentre as pessoas que mais sofrem humilhações estão aquelas de meia-idade (acima de 40 anos) e que podem ser consideradas "ultrapassadas" em alguns ambientes, as que têm salários altos e que podem ser substituídas a qualquer momento por um ou dois trabalhadores que ganhe menos, as gestantes e os representantes da CIPA e de Sindicatos (que possuem estabilidade provisória), os portadores de doenças graves que acabam ficando limitadas no desempenho de suas atividades, as pessoas que sofrem preconceitos pela opção sexual, dentre outras.

Abaixo algumas situações que podem identificar um empregado que está sendo assediado:

  • Isolado dos demais colegas;

  • Impedido de se expressar sem justificativa;

  • Fragilizado, ridicularizado e menosprezado na frente dos colegas;

  • Chamado de incapaz;

  • Torna-se emocionalmente e profissionalmente abalado, o que leva a perder a autoconfiança e o interesse pelo trabalho;Propenso a doenças;

  • Forçado a pedir demissão

Citamos também algumas situações que podem identificar o agressor, podendo ser um chefe ou superior na escala hierárquica, colegas de trabalho, um subordinado para com o chefe ou o próprio empregador (em casos de empresas de pequeno porte): 

  • Se comporta através de gestos e condutas abusivas e constrangedoras;

  • Procura inferiorizar, amedrontar, menosprezar, difamar, ironizar, dar risinhos;

  • Faz brincadeiras de mau gosto;

  • Não cumprimenta e é indiferente à presença do outro;

  • Solicita execução de tarefas sem sentido e que jamais serão utilizadas;

  • Controla (com exagero) o tempo de idas ao banheiro;

  • Impõe horários absurdos de almoço, etc.

Precaução


As empresas precisam se precaver mediante orientação às chefias dos procedimentos para evitar quaisquer atitudes que possam caracterizar o assédio moral. Treinamento e conscientização são as principais armas contra este mal, além, é claro, do respeito constante aos trabalhadores.


 

Rua Sete de Setembro 88, Gr. 511 - Centro - Rio de Janeiro CEP 20050-002 Tel.(21) 2507-2169 contato@barroseoliveira.com.br © 2013 Barros & Oliveira Advogados Associados. Todos os direitos reservados​​​​​​​